Among the Trees

Uncategorized Dec 07, 2019

A very happy time for me was when I lived on a golf course situated in an evergreen forest on a lake in Canada. I lived with my friend Matt, and other than us, there was no one around for miles. There is something wonderous and magnanimous about the spirits of evergreen trees.

 

They have a sense of dignity that is an role model for how we can be in the world. They grow to be so tall and they stay the same in winter and summer, without changing colours. And they are always willing to poke you if you cross them!

 

I grew up on a farm with evergreen trees that lined the yard, and I still have very callous feet from walking around my yard barefoot around as a kid. They parented me whether I knew it then or not.

 

The trees say, "We know the future. We know where we are going. We don't doubt, we don't wonder, we don't worry. We support, we commune, we grow as we gift, and there is no sense of wrongness or lack to be found anywhere."

 

Right now I am living in a community where trees are being cut down at rapid rates to build parks and homes and stores. For a long time I could barely watch it, and would have to look away because of the way it would make my stomach turn.

 

But one day I drove past a forest that had just been cut down and I could smell the sweet, deep, wooden, earth smell. I smelt it deeper than I had before, as it penetrated through un-opened windows into the car. The smell was the trees letting me know that it was okay. The forest wasn't upset. The trees didn't dislike the bulldozers. The forest just took its opportunity to let me know that everything was okay with it. That for the trees, life is ecstasy that is not comprehensible by our minds and that if we move forward in consciousness we will be one with them through each moment.

 

It is an ecstasy that only one creature on this planet denies, people. And the earth may be sick but it knows no matter how much we chop, the future still belongs to it. Though many of its spirits have moved underground, they will resurface and thrive again. Nothing can be lost and consciousness has of course already won.

 

So if you're sad, just look to a tree or an ivy or a horse and let them remind you what you will eventually be apart of whether you choose it now or later. There is nothing to fear, there is nowhere to run, there is only the choice to be on whichever side of happiness and peace you would like to be on.

 

Português

Entre as árvores

Um momento muito feliz para mim foi quando eu morava em um campo de golfe situado em uma floresta de sempre-verdes em um lago no Canadá. Eu morava com meu amigo Matt, e além de nós, não havia ninguém por quilômetros. Há algo de maravilhoso e magnânimo nos espíritos das árvores sempre-verdes.

Elas têm um senso de dignidade que é um modelo de como podemos estar no mundo. Elas crescem e se tornam altas e permanecem as mesmas no inverno e no verão, sem alterar as cores. E elas estão sempre dispostas a cutucá-lo se você as desafiar.

Eu cresci em uma fazenda com árvores sempre-verdes que ladeavam o quintal, e ainda tenho os pés muito calejados por ter andado descalça pelo quintal quando criança. Essas árvores me criaram, mesmo que eu na época soubesse ou não.


As árvores dizem: "Conhecemos o futuro. Sabemos para onde estamos indo. Não duvidamos, não nos perguntamos, não nos preocupamos. Apoiamos, comungamos, crescemos à medida que nos damos ao outro, e não existe nenhuma sensação de erro ou de escassez em lugar algum “.

No momento, estou morando em uma comunidade em que as árvores estão sendo cortadas rapidamente para construir parques, casas e lojas. Por um longo tempo eu mal conseguia olhar para essas árvores derrubadas e tinha que desviar o olhar por causa de como isso fazia meu estômago revirar.

Mas um dia passei por uma floresta que acabara de ser derrubada e pude sentir o cheiro doce, profundo e amadeirado da terra. Senti mais do que nunca o cheiro profundo, que penetrava através das janelas fechadas do carro. O cheiro eram as árvores, deixando-me saber que estava tudo bem. A floresta não estava perturbada. As árvores não se incomodavam com os tratores. A floresta aproveitou a oportunidade para me informar que estava tudo bem com ela. Que para as árvores a vida é um êxtase que não é compreensível por nossas mentes e que, se avançarmos na consciência, seremos um com elas a cada momento.

É um êxtase que apenas uma criatura neste planeta nega, as pessoas. E a terra pode estar doente, mas sabe, por mais que à cortemos, o futuro ainda pertence a ela. Embora muitos de seus espíritos tenham se mudado para o subsolo, eles ressurgirão e prosperarão novamente. Nada pode ser perdido e, obviamente, a consciência já venceu.
Portanto, se você está triste, basta olhar para uma árvore, uma hera ou um cavalo e deixá-los lembrá-lo do que você fará parte, independentemente de escolher agora ou mais tarde. Não há nada a temer, não há para onde correr, há apenas a opção de que lado da felicidade e da paz você gostaria de estar.

 

Español

Entre los árboles

Un tiempo muy feliz para mí, fue cuando viví en un campo de golf situado en un bosque de árboles siempreverdes en un lago en Canadá. Vivía con mi amigo Matt y además de nosotros, no había nadie alrededor por kilómetros. Hay algo maravilloso y magnánimo de los espíritus de los árboles siempreverdes.

Tienen un sentido de dignidad que es un ejemplo de cómo podemos ser en el mundo. Crecen muy altos y permanecen iguales en invierno y en verano, sin cambiar colores. Y siempre están dispuestos a tocarte si pasas a través de ellos.

Crecí en una granja con pinos y abetos que se alineaban en el jardín, y todavía
tengo callos en los pies por caminar por ese jardín descalza cuando era niña. Ellos me criaron, estuviera consciente de ello o no en ese momento.

Los árboles dicen: "Nosotros sabemos el futuro. Sabemos a dónde vamos. No dudamos, no nos preguntamos, no nos preocupamos. Nosotros apoyamos, hacemos comunidad, crecemos como un regalo, y no hay sentido de que algo esté mal ni de carencia que se pueda encontrar en ningún lugar." Ahora estoy viviendo en una comunidad donde están cortando árboles a gran velocidad para construir parques y casas y tiendas. Por mucho tiempo me costó trabajo ver esto, y tenía que voltearme a ver a otro lado por el malestar que sentía en el estómago.

Pero un día pasé por un bosque que acababan de cortar, y pude percibir el olor
dulce, profundo de madera y de tierra. Lo percibí más profundo que antes, mientras penetraba las ventanas cerradas del auto. Ese olor eran los árboles diciéndome que estaba bien. El bosque no estaba molesto.A los árboles no les molestaban las sierras. El bosque sólo usó está oportunidad para hacerme saber que todo estaba bien ahí. Que para los árboles, la vida es un éxtasis que no es comprensible para nuestrasmentes y que si avanzamos en conciencia, seremos uno con ellos en cada momento.
Es un éxtasis que sólo una criatura en el planeta niega: los humanos. Y la tierra puede estar enferma, pero sabe que no importa cuánto cortemos, el futuro aún le pertenece. Aunque muchos de sus espíritus se han movido bajo la tierra, renacerán y crecerán de nuevo. Nada puede ser perdido y la conciencia por supuesto ya ha ganado.

Así que si estás triste, sólo contempla un árbol o una hiedra, o un caballo, y permite que te recuerden que eventualmente tú serás parte de ésto, ya sea que lo elijas ahora o después. No hay nada que temer, no hay a dónde correr, sólo existe la elección de ser y estar en cualquier lado de la felicidad y la paz que te gustaría estar.

Close

Subscribe To Julia's Newsletter